Terça, 19 de Outubro de 2021
18°

Poucas nuvens

Teixeira - PB

Dólar
R$ 5,51
Euro
R$ 6,40
Peso Arg.
R$ 0,06
GERAL ICMS

João e mais 19 governadores desmentem Bolsonaro e negam que aumentaram ICMS da gasolina

Essa é a maior prova de que se trata de um problema nacional, e, não somente, de uma unidade federativa. Falar a verdade é o primeiro passo para resolver um problema”, afirmaram os governadores.

20/09/2021 às 18h27
Por: Redação Teixeira1 Fonte: Fonte 83
Compartilhe:
João e mais 19 governadores desmentem Bolsonaro e negam que aumentaram ICMS da gasolina

Uma nota conjunta de 20 governadores brasileiros demente a afirmação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de que os estados estão aumentando as alíquotas do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS).

A carta, assinada pelo governador João Azevêdo (Cidadania), reforça que a gasolina vem aumentando por conta da Petrobras, controlada pelo Governo Federal, que já reajustou o combustível em 40% a mais no valor nos últimos 12 meses.

“Os governadores dos entes federados brasileiros signatários vêm a público esclarecer que, nos últimos 12 meses, o preço da gasolina registrou um aumento superior a 40%, embora nenhum estado tenha aumentado o ICMS incidente sobre os combustíveis ao longo desse período. Essa é a maior prova de que se trata de um problema nacional, e, não somente, de uma unidade federativa. Falar a verdade é o primeiro passo para resolver um problema”, afirmaram os governadores.

A nota é assinada em conjunto com mais de 19 governadores: Rui Costa (Bahia), Cláudio Castro (Rio de Janeiro), Flávio Dino (Maranhão), Helder Barbalho (Pará), Paulo Câmara (Pernambuco), João Doria (São Paulo), Romeu Zema (Minas Gerais), Ronaldo Caiado (Minas Gerais), Mauro Mendes (Mato Grosso), Eduardo Leite (Rio Grande do Sul), Camilo Santana (Ceará), Renato Casagrande (Espírito Santo), Wellington Dias (Piauí), Fátima Bezerra (Rio Grande do Norte), Renan Filho (Alagoas), Belivaldo Chagas (Sergipe), Reinaldo Azambuja (Mato Grosso do Sul), Ibaneis Rocha (Distrito Federal) e Waldez Góes (Amapá).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias