Quarta, 01 de Dezembro de 2021
34°

Poucas nuvens

Teixeira - PB

Dólar
R$ 5,64
Euro
R$ 6,39
Peso Arg.
R$ 0,06
GERAL Violência

Paraíba é o sétimo estado do país com o maior registro de homicídios dolosos em 2021

Estado registrou 23,74 homicídios dolosos por 100 mil habitantes e ficou bem acima da média nacional, de 14,34.

18/11/2021 às 08h29
Por: Edney Lisboa Fonte: G1PB
Compartilhe:
Foto: Diogo Almeida/g1
Foto: Diogo Almeida/g1

A Paraíba já registrou em 2021 um total de 954 homicídios dolosos, o que representa um índice de 23,74 homicídios para cada 100 mil habitantes. É a sétima pior média do Brasil, que ficou bem acima da média nacional, de 14,34 por 100 mil habitantes.

Os números são do Monitor da Violência, criado pelo g1 com base nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal.

Os números paraibanos só são melhores do que Amapá (28,50), Bahia (27,63), Pernambuco (27,38), Ceará e Rio Grande do Norte (26,21) e Roraima (24,76).

Isso indica, por outro lado, que a Paraíba, em que pese os índices ruins com relação à média nacional, possui uma posição intermediária no Nordeste, estando exatamente no meio do ranking, tendo números piores que quatro estados e melhores que outros quatro.

A Paraíba registrou ainda 19 latrocínios (0,47 por 100 mil habitantes) e 7 lesões corporais seguidas de morte (0,17 por 100 mil habitantes).

No total, foram 980 crimes violentos na Paraíba até o momento em 2021, numa média de 24,39 por 100 mil habitantes.

Aumento das mortes

Considerado apenas os homicídios dolosos, a Paraíba registrou nos dez primeiros meses de 2020 um total de 899 mortes. Com os 954 de 2021, isso significa um aumento de 6,11%.

Considerando os números totais de crimes violentos, foram 928 em 2020 e 980 em 2021. Aumento de 5,6%.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias