Quarta, 26 de Janeiro de 2022
24°

Poucas nuvens

Teixeira - PB

Dólar
R$ 5,44
Euro
R$ 6,15
Peso Arg.
R$ 0,05
POLICIAL Operação Fianza

Operação em Teixeira prende delegado que cobrava vantagem indevida de presos

A operação aconteceu na manhã desta terça (14)

14/12/2021 às 07h46
Por: Edney Lisboa Fonte: Portal 40 Graus
Compartilhe:
Operação em Teixeira prende delegado que cobrava vantagem indevida de presos

A Polícia Civil da Paraíba - através da 3ª Superintendência Regional de Polícia Civil e 15ª Delegacia Seccional de Polícia Civil, ambas sediadas em Patos - deflagrou a "OPERAÇÃO FIANZA" cuja finalidade é dar cumprimento a mandado de prisão preventiva e mandados de busca e apreensão expedidos pela Comarca de Teixeira.

Segundo informações, um dos delegados de polícia atuantes em Teixeira costumava cobrar vantagem indevida e apropriar-se de bens apreendidos quando da lavratura de autos de prisão em flagrante.

De outro giro, também se constatou que dois advogados atuantes em Teixeira participaram de negociações espúrias com o delegado, tendo ambos oferecido dinheiro ao delegado para que seus clientes fossem beneficiados.

A investigação, que durou aproximadamente três meses, constatou a prática dos crimes, o que culminou com a expedição de mandado de prisão contra o delegado e decretação de medidas cautelares diversas da prisão contra os advogados, além da expedição de mandados de busca e apreensão para as suas residências e para as residências das pessoas beneficiadas pelos crimes.

O delegado - cuja identidade não será revelada por causa do segredo de justiça imposto ao processo - abordava os presos, parentes e advogados para que lhe pagassem algum valor indevido com o fito de baixar o valor a ser pago a título de fiança, o que configura o crime de corrupção passiva.

Delegado Cristiano Jacques - Superintendente Regional de Polícia Civil - disse que o trabalho em conjunto com o Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado do MPPB (GAECO) e o apoio incondicional de órgãos como o Instituto de Polícia Científica e Polícia Militar da Paraíba foram cruciais para o êxito da investigação.

Mais informações sobre a operação serão prestadas em entrevista coletiva, após o término de todas as diligências.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias